terça-feira, 18 de outubro de 2011

Capítulo 23



Pré leitura
Eu não vou ficar fazendo moage(armação) para chegar ate o número de exibições que eu quero. Então certamente o numero de exibições é mentiroso. Tanto faz se e para mais ou menos. Do pouco me fudendo(preocupando) em relação a isso. Preço mais o contexto da historia e isso vai falar um pouco da minha experiência como vlogueiro. Nos próximos capitulo eu venho tanto sugestões sobre como fazer um canal e qual as armadinhas que pode ter ao criar um canal.
A primeira dica já vai. Nunca fique ansioso(a) para posta alguma coisa. Quando você cria uma conta no site de vídeos da internet, você fica ansioso para posta alguma coisa, ai você acaba postando “merda” como eu fiz. O meu primeiro vídeo no meu canal é sobre o “heteriovaldo” e é uma merda. E não falo nada produtivo e fiz uma característica no tarja que não é legal, todavia a “merda” já feita agora é continuar. Por isso eu digo não fique ansioso para posta seu primeiro vídeo ele provavelmente é a sua apresentação. Se você não gosta da apresentação de um palestrante, você não vai querer continuar a vê-lo e também não vai indicá-lo. Como aconteceu comigo.   

Ar!
Rodrigo Nogueira Queiroz
Capítulo 23
Sonho II

...

Rodrigo estava numa ciclovia praticando caminhada (pouco acelerada) não estava frio nem calor, Rodrigo não sentia o mormaço do crepúsculo e o crepúsculo não incomodava seus olhos. Não tinha ninguém observando seu treinamento, nem treinando com ele. Rodrigo continuou sua rota na ciclovia. Ate que chegou num lugar aonde a ciclovia acabava e tinha uns troncos grossos que eram sustentados por uns pequenos pedaços de tronco, ele tinha meio metro de altura. Rodrigo nunca tinha visto aquilo mas ele sabia o que fazer. Ele começou a pular as troncas repetitivas vezes.
Depois disso ele começou a fazer flexão, depois ele começou a fazer abdominal e barra depois descansou um pouco. Ele viu uma rua plana sem curvas. E então ele fez cinco tios com toda a velocidade. Ele exaustos foi ate sua moto que estava la perto. Pegou sua moto e foi ate a universidade federal no estacionamento. Ele foi num lugar aonde tinha uns cones um na frente do outro. Ele começou a fazer “zig zag” nos cones. Nem mesmo Rodrigo sabia o porquê ele fazia isso.
Depois pegou dois cones colocou um a uns 40 ou 50 metros de distancia do outro. Todavia ainda estava um na frente do outro. Ele então acelerou a moto e quando chegava ao cone ele tava à volta e voltava ao ponto de partida. Isso aconteceu repetitivas vezes. Ele então parou no meio do caminho. Tirou o capacete. Ele tava cansado. Então ele ouviu a voz de Loraine atrás dele falando:
L – oi Rodrigo
R – oi
Rodrigo se virou e continuou:
R – eu não posso pensa?
L – você acorda se você pensa muito como ta começando a acontecer. Seu consciente da tomando o controle do seu ser.
R – o que é isso tudo
L – faz isso é muito importante
R – mais pra que eu vou fazer tudo isso?
L – eu descobri muita coisa sobre você. Depois que o anjo me tirou daquele lugar horrível eles me contaram.
R – você foi para o...
L – não fala.
A visão de Rodrigo começou a falha e uma musica começou a tocar Rodrigo falou:
R – fica aqui, por favor.
L – eu posso fica. Mas você não.

...
Rodrigo acordo assustado. Respirando rápido. Ele estava na sua casa e o seu celular tocava uma musica. Na legenda do celular escrito “acorda favabundo”. Rodrigo então se lembrou do sonho. Ele agora sabia que isso não era só um sonho e sim uma mensagem. Ele pegou um caderno e anotou o seu treinamento.
Rodrigo foi comer então. Rodrigo comeu pensativo. Ele pensava:
 Isso significava que alguma coisa vai acontecer. Não hoje, nem amanhã mais talvez daqui dois anos ou um ano ou ate menos de um ano. O fim do mundo talvez? Não alguma coisa vai acontece, talvez apenas comigo, ou talvez com o mundo. Não sei ao certo mas é certo que isso vai ser muito vivido na minha vida e eu talvez seja uma peça chave na execução disso e eu nem sei o que é isso.

...

500 exibições o canal registrava. Rodrigo viu aquilo e falou:
R – merda mesmo em! (ele não esperava tudo isso)
Ele conversava com Camila ele não tinha certeza se queria passar para ela o link do canal dele. Ele acabou passando, todavia falou para ela não publica e nem sugerir para ninguém e no MSN ela escreveu:
‘ quem disse que eu ia de ajuda a compartilhar o seu canal?’
‘ AaaAaa’
‘eu só publico o q é engraçado menino não é por que eu te amo que eu vou de ajudá-lo nisso’
            ‘ sei você ta com medo de alguma amiga sua apaixone por mim. Isso sim’
            ‘ Aaa nem se acho não é menino?’
Em fim, brincadeiras a parti, Todavia, Camila não publicou ela sabia que não era fácil colocar a cara a tapas para o Brasil inteiro. Ela também era vlogueira. E sabia como era.
(Na verdade eles escreveram com abreviaturas a maior parte da conversa. Todavia não sei se existe ou como são as abreviaturas nas outras línguas. E o blog já tem mais leitores estrangeiros que brasileiros. Ou pelo menos os brasileiros estão na USA, Alemanha, Rússia e Dinamarca, Na ordem de visualizações da semana.)
Pós-leitura:

No próximo capitulo tem mais sobre a Renata, a reação das pessoas ao ver o vlog de Rodrigo, tem mais sobre a Camila, sobre tudo.

Não percam o próximo capítulo.
Obrigado pela leitura, espero vocês no próximo capítulo.

Escrito por:
Felipe Tarja (Felipe Oliveira Guimarães.)

2 comentários:

  1. vishiiiiiiii... ta meio estralho isso em!

    ResponderExcluir
  2. sonho 1. sonho 2... ta parecendo livro de escola.(química 1, química 2 ...)

    ResponderExcluir